Pages Menu
TwitterRssFacebook
E-mail *
Categories Menu

Inserido por em Dez 7, 2014 em Tratamento para Celulite | 0 Comentários

Corrente Russa Para Tratamento Contra Celulites!

A corrente russa para tratamento contra celulites tem como objetivo a tonificação muscular, que é fornecida através de um aparelho de eletroterapia, que produz por meio de ondas elétricas leves despolarizadas a contração muscular adequada para bons resultados.

A corrente Russa, que também é conhecida como estimulação Russa, é muito utilizada para flacidez muscular e modelagem do corpo, porém já se usa em tratamentos contra celulites.

O tempo do tratamento pode durar até 60 minutos, sendo que o recomendável é que tenha no mínimo 20 minutos de duração e no máximo 40 minutos, para resultados satisfatórios.

Principais Benefícios

A corrente russa age rapidamente contra qualquer problema que envolva celulites, flacidez e outros relacionados a pele e má circulação.

Dez minutos do tratamento equivale a 400 abdominais realizados.

 

Corrente-Russa

 

Para Que Serve

O tratamento de corrente russa serve para hipotonia muscular em diversas regiões do corpo como glúteos, abdómen, membros inferiores e superiores e parte interna das coxas.

Eliminar Celulite

Além disso, o método também serve para o fortalecimento e o aumento intensivo do tônus muscular em fases importantes como no pós-parto, pré e pós-lipoaspiração, períodos após emagrecimentos drásticos, após reeducação postural e estimulação do sistema circulatório.

Para Celulite

O método consiste em uma aplicação de eletrodos que enviam uma carga elétrica de baixa frequência para os músculos. Proporciona tonificação e melhora na circulação do local de aplicação, que quando possui celulite, poderá ter uma melhora significativa, com resultados satisfatórios.

Além de acabar com a flacidez, a corrente russa alivia muito as celulites e, ainda de quebra, reduz aquela gordurinha localizada inconveniente.

O método não dói, é relaxante e traz efeitos muito rápidos. Normalmente, a corrente Russa é utilizada de maneira associada a outros tratamentos, como a ultrassom e a drenagem linfática, o que garante ainda mais os bons resultados.

A intensidade do tratamento dependerá do que o profissional achar melhor. Para se obter bons resultados, será preciso no mínimo dez sessões, sendo que deve ser praticada de 1 a 3 vezes em uma semana.

O método ajuda a rejuvenescer e fortalecer a região afetada. As correntes elétricas são magnéticas e atingem as fibras dos músculos e tecidos, onde se realiza a contração, relaxando assim a paciente e seus músculos.

Detalhes Importantes

A técnica, hoje em dia, é uma referência em tudo o que se relaciona com tratamentos estéticos eficazes, que combatem flacidez e ajudam a modelar e melhorar seu aspecto corporal.

Cuidados devem ser tomados ao iniciar um desses tratamentos, e o primeiro que se deve levar em consideração é que, o profissional que irá realizar o procedimento, deve ser um fisioterapeuta, pois são os únicos capacitados para manusear o aparelho. Depois de escolher seu profissional, ele irá te avaliar completamente, verificando suas necessidades a serem tratadas durante o procedimento, observando assim, se você possui algum tipo de restrição. Será essa avaliação que irá mostrar ao profissional a maneira e a intensidade do tratamento de corrente Russa.

E-mail *


Responder

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *